Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Ex-integrantes de comissão do BRT vão a CGU nesta terça-feira

Ex-integrantes de comissão do BRT vão a CGU nesta terça-feira

por Guilherme Machado publicado 11/08/2017 16h30, última modificação 11/08/2017 20h29

Alysson Lima (PRB) e os demais vereadores que compuseram a Comissão Especial Temporária que investigou a paralisação das obras do BRT entre 2016 e início deste ano irão à sede da Controladoria Geral da União (CGU) em Goiânia, localizada na Rua 2, no Centro, para saber sobre as verbas liberadas e os gastos com a obra até o momento, já que conta com aportes vindos da União por meio da Caixa Econômica Federal. 

As obras estão novamente paradas e prejudicando comerciantes nos locais onde há intervenções nas vias e calçadas, como na Avenida 4ª Radial, no Setor Pedro Ludovico. Alysson disse durante a sessão ordinária desta quinta, 10, que a obra parou por “incompetência da Prefeitura em gerir a obra” e que, enquanto não houver transparência por parte da administração municipal, a Caixa não vai voltar a liberar mais recursos. 

“Eu conversei com os comerciantes da Região Noroeste e eles falaram para mim que existem hoje pelo menos 700 estabelecimentos comerciais com placa de aluga-se ou vende-se em toda a extensão do BRT”, relatou. 

O vereador afirmou também que trabalhadores da obra estão há três meses sem receber. “Aproximadamente 40 homens estão de braços cruzados na Região Noroeste. Eles já fizeram protesto, bloqueando vias, porque querem receber.” 

A Comissão Especial Temporária que investigou o BRT foi presidida por Alysson Lima, tendo início no dia 30 de março e apresentação do relatório final em 16 de maio, quando foi encerrada. À época, as obras, até então estavam paradas desde setembro de 2016, retornaram após a renegociação da dívida da Prefeitura com as empresas do consórcio responsável pela construção, com a promessa de entrega em março de 2019. 

A ida a CGU será na terça-feira, 15, às 15 horas. Além de Alysson Lima, o acompanhará a ex-relatora da comissão, Leia Klébia, e os vereadores Anselmo Pereira (PSDB), Carlin Café (PPS), Jorge Kajuru (PRP), Paulinho Graus (PDT) e Welington Peixoto (PMDB).