Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Secretária de Saúde presta contas da gestão anterior na Câmara

Secretária de Saúde presta contas da gestão anterior na Câmara

por Carol Magalhães publicado 19/05/2017 12h16, última modificação 19/05/2017 12h16

A secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, prestou contas do 3º quadrimestre de 2016 nesta sexta-feira (19), na Câmara Municipal de Goiânia. Na reunião, comandada pelo presidente da Comissão de Saúde e Assistência Social da Casa, vereador Dr. Paulo Daher (DEM), ela informou que, no período, o total de despesas somou R$ 1.279.721.584,81. A participação da receita própria aplicada em saúde pela Prefeitura foi de 20,38%, percentual superior aos 15% previstos na Lei Complementar 141/2012.

A vereadora Priscilla Tejota (PSD) aproveitou a oportunidade para questionar sobre terceirizações e perspectivas para 2017. Fátima Mrué garantiu que a atual gestão pretende fortalecer a rede própria e retomar as obras paralisadas, além de qualificar as unidades de saúde e as equipes de todas as categorias. “A Secretaria Municipal de Saúde se tornou refém de vários contratos das gestões passadas. Estamos revendo esses contratos e adequando os valores, ao passo que estamos traçando estratégias para que possamos fortalecer a nossa rede com serviços próprios”, disse.

Já o vereador Oséias Varão (PSB) demonstrou preocupação com a insatisfação generalizada das equipes de saúde e com a inexperiência de alguns médicos. A secretária pontuou que 529 médicos se credenciaram recentemente para atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em Goiânia, sendo que, destes, mais de 50% já atuavam na rede pública municipal. Segundo ela, o índice de recém-formados é compatível com a realidade das outras cidades do País. “Já a insatisfação das equipes se deve às reestruturações que estamos fazendo para melhorar os serviços”, acrescentou, reafirmando que a pasta vai investir em qualificação e valorização profissional.

Ao final da audiência, Mrué reiterou seu compromisso de vir ao Poder Legislativo quinzenalmente.  “A Câmara é uma instância muito importante e precisa ser parceira não somente da SMS, mas da Prefeitura como um todo. Creio que essa aproximação vai trazer mais tranquilidade aos parlamentares acerca das ações que estão sendo implementadas. Queremos trabalhar em conjunto com a Câmara”, frisou. De acordo com o vereador Dr. Paulo Daher, o próximo encontro da Comissão de Saúde com a secretária municipal está agendado para dia 2 de junho (sexta-feira), às 8 horas.