Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Notícias / Câmara assina contrato com a UFG para a realização do concurso público

Câmara assina contrato com a UFG para a realização do concurso público

por Marcos Teixeira Wanderley publicado 20/04/2018 16h45, última modificação 20/04/2018 17h26

O presidente da Câmara Municipal, vereador Andrey Azeredo (MDB), formalizou, na tarde desta sexta-feira, 20, com o reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), o professor Edward Madureira Brasil, um contrato entre a Câmara e a Universidade para a realização do concurso público da Casa neste ano. O passo seguinte é a publicação do edital, que deverá ser feita até 1º de julho. 

Serão 75 vagas para cargos efetivos de níveis médio, técnico e superior, conforme previsto na Lei nº 10.137/2018 que estabelece “os cargos, os pré-requisitos para estes, as atribuições específicas e o quantitativo de vagas para cada cargo e autoriza a realização do concurso público da Câmara”, como informou o presidente Andrey. A Lei foi sancionada pelo prefeito em 21 de março após ser aprovada por unanimidade no Plenário da Casa em duas votações.  

O contrato foi firmado entre as duas instituições com as presenças do diretor financeiro, da procuradora-geral e do assessor da Câmara, Fradique Dias, Carla Regina Marques e Edson Sales, respectivamente. Da UFG estavam presentes também a vice-reitora Sandramara Matias Chaves e representantes das pró-reitorias de Administração e Finanças, Graduação e da assessoria especial do Reitor, além de setores da administração. 

 

      Transparência e modernidade 

“O objetivo primordial desse certame é o de garantir a constitucionalidade plena na gestão da Câmara e aprimorar, com transparência e modernidade, os serviços prestados aos parlamentares e à comunidade”, ressaltou o presidente Andrey. 

A contratação da UFG atende ao aditivo do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo presidente Andrey no último dia 22 de março. O Termo foi firmado, incialmente, em 2016 entre a Câmara e o Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) para a realização de um novo certame do Legislativo Municipal, dentre outras providências. 

Com o aditivo, firmado por Andrey com a promotora Villis Marra, titular da 78ª Promotoria de Justiça de Goiânia, a Presidência assumiu o compromisso de, no prazo máximo de 30 dias, contratar uma instituição para realizar o concurso. O documento previa, ainda, que essa contratação poderia ser feita com dispensa de licitação para agilizar o processo. “Convidei a promotora Villis para vir conosco hoje participar desse momento, mas ela não pôde. Todavia, ela disse que ficou muito satisfeita com a escolha da UFG”, relatou Andrey. 

      Convocação dos aprovados 

Quanto ao provimento das vagas, Andrey Azeredo explicou que será um processo gradual obedecendo ao TAC: “Assim que homologarmos o resultado do concurso, teremos que fazer o chamamento imediato de, no mínimo, 30% das vagas. Os demais aprovados serão convocados, de acordo com a capacidade financeira da Câmara, num prazo de até dois anos.”

 

      Credibilidade e competência  

O presidente Andrey informou, ainda, que a partir da contratação da UFG, será constituída uma comissão que acompanhará todos os trabalhos e as fases do concurso de forma “bastante clara, objetiva e transparente, dando, acima de tudo, segurança aos inscritos e à sociedade de ser um certame legal e sério.” Ele destacou também a “credibilidade, competência e ética da UFG. Com uma instituição renomada e altamente qualificada, estou convicto de que teremos um certame de alto nível e que atenda às expectativas da Câmara.” 

“Essa é uma das funções da Universidade, que é a de dar credibilidade, imparcialidade e oferecer o que temos de melhor para a sociedade, que é essa expertise que poucas instituições no Brasil têm como a UFG.  O nosso Centro de Seleção tem experiência em certames com milhares de participantes e com lisura e rigor técnico”, assegurou o reitor Edward. 


Texto produzido pela assessoria de imprensa da Presidência


registrado em: