Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Notícias / Câmara Municipal celebra os 80 anos do jornal o Popular

Câmara Municipal celebra os 80 anos do jornal o Popular

por Marcos Teixeira Wanderley publicado 03/04/2018 21h15, última modificação 04/04/2018 08h36

A Câmara Municipal de Goiânia realizou, na noite desta terça-feira, 3 de abril, por iniciativa do vereador Andrey Azeredo (MDB), uma Sessão Especial em homenagem aos 80 anos do jornal o Popular. A solenidade foi realizada no Plenário Trajano Guimarães e foram agraciados com diplomas de Honra ao Mérito Jaime Câmara Júnior, Tasso José Câmara, Marcos Tadeu Câmara e Fernando Câmara, descendentes dos fundadores do jornal.

 

Além da Sessão, o jornal também está sendo homenageado na Casa com a exposição fotográfica “A História em 40 capas: 80 anos do jornal O Popular”, mostra aberta à comunidade e exibida no hall de entrada da Câmara de 2 a 13 de abril.

 

Era 3 de abril de 1938. Chegava às ruas de terra vermelha de Goiânia, nova Capital de Goiás, o primeiro exemplar de O Popular, que logo se tornaria leitura obrigatória na cidade. Era a realização do sonho de três audaciosos jovens vindos da distante Jardim dos Angicos, cravada no planalto da Borborema,  aos pés da Serra do Torreão (RN)”, destacou o presidente Andrey em artigo publicado no Popular hoje referindo-se aos criadores do periódico: Joaquim Câmara Filho, Jaime Câmara e Vicente Rebouças.

 

 

Os três já haviam desenvolvido, em 1935, o jornal satírico Vossa Senhoria, considerado o “embrião” de O Popular. Nesses 80 anos de existência, o jornal tornou-se referência em todo o Estado, teve e ainda tem em sua redação nomes de destaque da Comunicação em Goiás, modernizou seu parque gráfico, adotou inúmeros avanços tecnológicos, ganhou espaço na internet e nas redes sociais, além de reestruturar seu projeto gráfico e sua marca.

 

A cerimônia foi presidida por Andrey e foi aberta com a apresentação da Banda de Música da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia que, sob a regência do maestro Felipe Santana, interpretou grandes sucessos da Música Popular  Brasileira (MPB) e o Hino Nacional. Logo após foi exibido um vídeo alusivo às oito décadas de existência do jornal.

 

      Credibilidade e confiança 

 

Em seu pronunciamento, o presidente lembrou suas origens ao ressaltar que “nasci na década de 70 e sou filho de dois jornalistas. Sempre acompanhei de perto o trabalho dos meus pais em busca pela informação de qualidade, vivi e acompanhei várias situações do País por meio do jornal impresso”, e afirmou: “Celebramos aqui um veículo de comunicação sério e que tem a chancela de credibilidade e confiança da sociedade.”Ele ainda relatou a trajetória de sucesso empresarial da Organização Jaime Câmara (OJC) e o valor dos trabalhadores do veículo de todas as épocas.

 

Jaime Câmara Júnior, que falou em nome dos homenageados, agradeceu a Andrey e à Câmara pela homenagem e disse que o jornal está em permanente ascensão mantendo seu compromisso “com a ética, a verdade e a credibilidade.” Ele falou sobre a trajetória do veículo e sua ligação com a História Goiana, citou os investimentos em tecnologia, agradeceu a todos os colaboradores de O Popular e reafirmou a disposição da OJC em fazer o “bom jornalismo.”

 

A solenidade reuniu autoridades políticas como o vice-governador José Eliton, que representou o governador Marconi Perillo, os vereadores Paulo Daher, Cabo Senna,Tiãozinho Porto, Delegado Eduardo Prado, Zander Fábio e Anselmo Pereira, a ex-deputada estadual Rachel Azeredo,  o secretário municipal de Comunicação, Luiz Felipe Gabriel, que representou o prefeito Iris Rezende, além de secretários do Município e do Estado, membros da sociedade organizada, jornalistas, diretores e funcionários da Organização Jaime Câmara. 

 

No fim da Sessão Especial , a família Câmara homenageou o presidente Andrey Azeredo com uma réplica envidraçada da 1ª edição do jornal Vossa Senhoria, de 1935, considerado o precursor de O Popular.

 

Texto produzido pela assessoria de imprensa da Presidência

 



registrado em: