Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Notícias / Elias Vaz questiona secretária Fátima Mrué sobre acumulo de cargos públicos

Elias Vaz questiona secretária Fátima Mrué sobre acumulo de cargos públicos

por Antonio Ribeiro dos Santos publicado 13/06/2018 12h45, última modificação 13/06/2018 17h10

O vereador Elias Vaz, PSB, através de requerimento, pediu esclarecimentos à secretária municipal da Saúde, Fátima Mrué, sobre o fato de ela ter acumulado três cargos públicos, entre janeiro e junho de 2017. O vereador disse que, dependendo da resposta, vai encaminhar pedido de providências ao Ministério Público estadual.

Segundo ele, em consultas feitas no portar da transparência dos governos federal e do Distrito Federal foram constatadas que a secretária ocupou cargos de médico cirurgião em Brasília e professora na Universidade de Brasília (UnB), no começo de 2017, ambos com remuneração, conforme documentos.

"Acontece que ela foi nomeada secretaria da Saúde, pelo prefeito Iris Rezende, no dia 2 de janeiro de 2017. A folha de pagamento da prefeitura comprova o pagamento de subsídio a secretária a partir de janeiro. Ela foi cedida à prefeitura pelo governo do DF mas continuou recebendo salário nos últimos seis meses", frisou o vereador.

INDAGAÇÕES

Elias Vaz solicitou à secretária esclarecimentos sobre várias indagações sobre o caso, como, por exemplo, se ela conseguiu prestar serviços nos três órgãos citados (universidade, hospital e prefeitura), horário de trabalho em cada órgão, qual a base jurídica que ela utilizou para acumular tais cargos e se Fátima Mhrué ainda recebe salário da UFG e se ministra aulas na UnB.