Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Notícias / Integração marca recepção oficial a servidores recém-empossados na Câmara

Integração marca recepção oficial a servidores recém-empossados na Câmara

por Patricia Drummond Gonçalves publicado 13/04/2018 15h39, última modificação 13/04/2018 15h39
Integração marca recepção oficial a servidores recém-empossados na Câmara

Foto: Francisco Carvalho

Um encontro realizado na Sala de Reuniões da Presidência da Câmara marcou, nesta sexta-feira (13), a recepção oficial aos servidores concursados recém-empossados pela Casa. O presidente Andrey Azeredo abriu o evento cumprimentando os novos funcionários públicos, expressou sua satisfação em recebê-los como colaboradores do Poder Legislativo – cada qual em suas respectivas funções – e explicou que promover a integração era o objetivo maior daquele momento, além de esclarecer alguns trâmites e detalhes importantes acerca do funcionamento da Câmara.

Após o pronunciamento do presidente, os novatos ouviram os responsáveis por diferentes áreas da Casa, como Cerimonial, Jurídico, Protocolo, Recursos Humanos e Psicossocial. Todos foram devidamente apresentados e discorreram sobre suas funções, assim como cada um dos novos servidores – empossados em áreas como Engenharia, TI, Comunicação Social, Transporte, Recursos Humanos, dentre outras.

TAC

Os servidores recém-empossados foram aprovados em Concurso Público realizado em 2006 pela Câmara Municipal de Goiânia. A convocação dos novos funcionários atende decisão judicial determinando o cumprimento de Termos de Ajuste de Conduta (TAC) assinado em 2007 entre o Ministério Público Estadual (MP-GO) e a Câmara. O TAC previa o preenchimento de 130 vagas disponíveis, das quais restavam 42 a serem preenchidas.

No final de 2016, o presidente Andrey Azeredo assinou outro documento com o MP-GO, renovado em 2017, para a realização de um novo Concurso Público – cuja realização foi aprovada este ano em Plenário -, com o acompanhamento de uma comissão de servidores. Com as convocações dos 42 novos servidores, em 2017, o TAC firmado entre a Câmara de Goiânia e o MP-GO foi integralmente cumprido.