Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Notícias / Seminário sobre Federalismo fecha ciclo de eventos do Idag na Câmara em 2017

Seminário sobre Federalismo fecha ciclo de eventos do Idag na Câmara em 2017

por Marcos Teixeira Wanderley publicado 27/11/2017 14h55, última modificação 27/11/2017 15h13

Foi realizado nesta manhã, na Câmara Municipal de Goiânia, o seminário "Federalismo e Competências Administrativa e Legislativa na Constituição Federal de 1988” no auditório Carlos Eurico. Este foi o quinto e último do ciclo de eventos de 2017 fruto da parceria entre a Casa e o Instituto de Direito Administrativo de Goiás (Idag) para capacitar, nos temas propostos, vereadores, assessores parlamentares, servidores públicos e a comunidade interessada. 

       O presidente da casa, vereador Andrey Azeredo (PMDB), afirmou no início do mês que no ano que vem a Câmara vai renovar a parceria com o Idag para realizar mais atividades do gênero e com maior frequência. Na ocasião, o presidente do Instituto, José Taveira Neto, elogiou a iniciativa: "Andrey é um ilustre vereador que tem feito uma parceria frutífera com o Idag. Feliz da população que tem um legislador que alcança, com o seu olhar, a necessidade de se promover encontros dessa natureza."

      No Seminário de hoje, os presidentes da Câmara e do Idag foram representados, respectivamente, pelo vereador Rogério Cruz (PRB) e pelo dr. Fabrício Macedo Motta, procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCM-GO). Eles abriram as atividades e ressaltaram a importância desses eventos para o aprimoramento dos trabalhos da Casa. 

      O palestrante do Seminário foi Henrique Pandim Barbosa Machado, graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) e em Administração Legislativa pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Ele é procurador do Ministério Público de Contas junto ao TCM - GO, pós-graduado em Direito Constitucional e Direito Processual Civil e mestre em Direito, Relações Internacionais e Desenvolvimento pela PUC-GO. Henrique também escreveu o livro “O Controle de Constitucionalidade no Brasil” e diversos artigos jurídicos.

       Com ampla bagagem acadêmica e prática, Henrique Pandim falou com clareza sobre os temas propostos, tirou dúvidas, deu exemplos rotineiros, orientou e analisou detalhadamente, à luz da Constituição de 1988, o Federalismo brasileiro, as atribuições dos entes federativos, a esfera de atuação e as devidas competências administrativas e legislativas da União, Estados e Municípios e os cuidados e exigências na formulação de Leis. 

      Legislativo responsável 

       Na opinião do presidente Andrey Azeredo, "na Câmara criamos e analisamos normas e isso exige clareza, rigor constitucional, transparência, atualização permanente, precauções indispensáveis e muito conhecimento técnico e social sobre a confecção, a tramitação, a aplicabilidade e as consequências do que desenvolvemos." Ele ainda advertiu: "Uma lei mal feita não tem legitimidade e pode causar danos irreparáveis". 

     Com informações da assessoria da Presidência

registrado em: