Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Notícias / Vereador promove nova ação na Região Leste

Vereador promove nova ação na Região Leste

por Marcos Teixeira Wanderley publicado 10/01/2019 11h40, última modificação 10/01/2019 11h40

O vereador Anderson Sales - Bokão, iniciou no dia 09 deste mês, um nova campanha para alcançar o número máximo de assinaturas de mães e pais que sofrem com a falta de vagas em CMEI’S na região.

O intuito é promover uma Ação Civil Pública junto ao Ministério Público de Goiás. 

“Fiz uma consulta e só no início deste ano, quase 500 crianças estão na fila de espera por vagas no CMEIS, e olha que fiz a consulta somente em três CMEIS (Jardim Brasil, Água Branca e Jardim Novo Mundo).” 

O vereador busca a retomada da concessão de posse ao antigo Colégio Anice Daher Rassi, situado no Jardim Califórnia, conhecido como “Coleginho”. 

“Desde a época de Conselheiro Tutelar, busco respostas pelo fechamento do Coleginho, pois lá além de atender a população com os estudos, funcionava a sede da Associação dos moradores do Jardim Califórnia e uma base da Polícia Militar e agora a mais de sete ano esta ONG ABC ocupa a área, na qual nunca promoveu sequer uma ação no bairro e nas escolas da região. Eu desafio qualquer um a me apresentar um trabalho que eles já realizaram em prol da população, do coletivo.” 

“O local está totalmente abandonado, servindo de moradia para três pessoas e pasmem, eles já receberam 3 parcelas de 500 mil reais do Ministério da Cultura. Tenho todos esses documentos e parecer  da própria SEDUCE que já se manifestou contrária à não renovação de contrato com esta ONG, que desde outubro do ano passado estão com o contrato vencido, então eles estão de forma irregular no local. Já está mais que comprovado que está ONG é inoperante para os moradores”, destaca o vereador. 

Anderson Bokão finaliza dizendo que a sua intenção é retomar a área, e fazer uma creche para atender esse número absurdo de crianças na fila de espera por uma vaga. “Já tenho o parecer favorável da Secretária da Educação do Município, para implantar salas modulares de ensino no local e outras opções que de fato, irão beneficiar as famílias da nossa região. Vou em busca das 1.000 assinaturas dos moradores, para buscar uma solução junto ao MP. Eu não irei descansar”, finaliza o vereador.


Texto produzido pela assessoria do vereador