Dra. Cristina visita aterro sanitário de Senador Canedo e estuda práticas sustentáveis para tratamento do lixo

por Guilherme Machado publicado 14/06/2019 15h30, última modificação 14/06/2019 15h30

A vereadora Dra. Cristina (PSDB) visitou na manhã desta sexta-feira, 14, o aterro sanitário de Senador Canedo e, apesar de ainda não ser a melhor opção para o tratamento do lixo, considerou o processo realizado no local mais avançado que o de Goiânia, no qual esteve há alguns dias. O aterro de Senador Canedo recebe apenas lixo orgânico, num espaço de cerca de 350 metros, em que é escoado o chorume.

O local possui três lagoas específicas para o tratamento do chorume (resíduo líquido), que é tratado por sistema anaeróbico, com bactérias. O aterro ainda tem postos artesianos para monitoramento do solo e controle do lençol freático, evitando a presença de metais pesados.

A ideia, segundo a vereadora, é conhecer mais alternativas de tratamento do lixo, para buscar a melhor solução para o município de Goiânia. “Temos que encontrar uma forma melhor de lidar com o lixo que produzimos. É possível gerar energia e cuidar do meio ambiente”, afirma. A assessora técnica da Diretoria Operacional e do Aterro de Goiânia, a engenheira agrônoma Fabíola Adaianne Oliveira, o consultor Cristianderson Ribeiro Rodrigues e a Guarda Ambiental acompanharam a vereadora na visita.

Texto e foto da assessoria de comunicação da vereadora Doutora Cristina