Léia propõe distribuição de leite sem lactose na rede pública de Saúde

por Silvana Brito Martins publicado 15/04/2019 12h35, última modificação 15/04/2019 12h35

 

 

 

A Vereadora Léia Klebia (PSC), apresentou na última quinta-feira, 11, Projeto de Lei que torna obrigatória a distribuição contínua e gratuita de leite sem lactose às crianças lactentes pela rede pública municipal de Saúde.A proposta prevê o fornecimento do leite às crianças que sofrem com intolerância a lactose desde que comprovada à necessidade através de prescrição e atestado médico.

Léia informa que o consumo de leite comum por crianças com essa deficiência pode resultar em diversas alterações abdominais e, na maioria das vezes, diarreia, vômitos, perda de peso, podendo ocasionar até uma aguda desidratação, e que infelizmente o preço do leite sem lactose é considerado excessivamente elevado se comparado ao valor do leite comum, sendo praticamente inacessível a muitas famílias que dele necessitam. “A presente proposta visa garantir o direito constitucional à saúde, a fim de atender casos específicos de crianças em fase de lactação que possuem intolerância à lactose e sequer podem ser amamentadas”.

 

(Assessoria de Comunicação do gabinete da vereadora)