LOA fixa receita e despesa em mais de R$ 6 bi para 2020

por Quézia Alcantara publicado 11/10/2019 11h26, última modificação 11/10/2019 11h26

Tramita na Casa o projeto de lei do Executivo (2019/357) que que fixa a receita e a despesa do Município para o ano de 2020 em R$6 bilhões 56 milhões.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) indica que a receita fixada será proveniente de impostos, arrecadações e contribuições (cerca de R$ 2 bilhões) e de transferências (R$ 2 bilhões 600 milhões).

Já a despesa terá destinação de quase R$ 3 bilhões com pessoal e R$ 914 milhões para os investimentos. R$ 101 mil serão gastos para amortização da dívida pública e R$ 60 mil ficarão como reserva de contingência.

A área que receberá mais recursos será a da saúde, com previsão de R$ 1 bilhão 374 milhões, seguida da área de educação que terá como verba, valores na casa de R$ R$ 1 bilhão 157 milhões.

A administração da Prefeitura abocanhará R$ 1 bilhão dos recursos e a área social terá como destino R$ 705 milhões. A área de transporte receberá R$ 657 milhões e o poder Legislativo contará com R$ 134 milhões 607 mil do duodócimo.

A Comissão Mista, responsável pela análise das leis de planejamento (PPA) e diretrizes orçamentárias (LDO) bem como o próprio Orçamento (LOA), designará nos próximos dias o vereador que vai relatar a matéria que deverá ser aprovada em dois turnos até o dia 31 de dezembro de 2019.