Sessão Especial da Câmara transfere capital para Campinas

por Marcos Teixeira Wanderley publicado 08/07/2019 14h55, última modificação 09/07/2019 09h50

Texto produzido pela assessoria de imprensa da Presidência


Sessão Especial promovida pela Câmara Municipal de Goiânia nesta segunda-feira (8) transferiu simbolicamente a capital de Goiás para Campinas, ponto alto das comemorações dos 209 anos de fundação do bairro. O presidente do Legislativo, vereador Romário Policarpo (PROS), presidiu a sessão, que teve a participação do governador Ronaldo Caiado (DEM), do prefeito Iris Rezende (MDB) e dos vereadores.

Com a transferência simbólica, Campinas se converte na capital goiana por 24 horas, abrigando as sedes dos Poderes Legislativo e Executivo do município. Durante a solenidade, foram entregues a Comenda do Mérito Campineiro Licardino de Oliveira Ney e o Diploma de Honra ao Mérito para os cidadãos que contribuíram para o crescimento de Campinas. A Sessão Especial foi realizada no auditório do Colégio Santa Clara, fundado em 1922 por quatro Irmãs Franciscanas vindas da Alemanha, e que integra o acervo art déco da capital.

Neste ano, os cidadãos contemplados com a comenda e a medalha tiveram os nomes sugeridos pelos vereadores Anselmo Pereira (PSDB), Denício Trindade (SDD), Divino Rodrigues (PROS), Paulo Magalhães (PSD) e Sabrina Garcêz (sem partido). Campinas é cidade precursora da nova capital: foi fundada em 1810, portanto 123 anos antes de Goiânia.

"A transferência da capital para Campinas é merecido reconhecimento do trabalho e da contribuição dos precursores para o desenvolvimento de Goiânia e de Goiás. É nosso berço econômico, cultural e político", disse Policarpo, durante a solenidade de instalação dos Poderes. O vereador Anselmo discursou em nome dos 35 vereadores. "A contribuição de Campinas para o crescimento de Goiânia, convertendo a nova capital em uma metrópole, é inestimável", disse.

registrado em: