Vereadores da Câmara de Goiânia se reúnem com presidente da CDTC

por Marcos Teixeira Wanderley publicado 20/03/2019 19h30, última modificação 21/03/2019 10h35

Texto produzido pela assessoria da Presidência 

 

Acompanhado de vereadores, o presidente da Câmara de Goiânia, vereador Romário Policarpo, se reuniu na tarde desta quarta-feira (20/3) com o presidente da Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos, prefeito Jânio Darrot (Trindade), para discutir a suspensão do aumento da tarifa de ônibus na capital e região metropolitana. A reunião de trabalho foi realizada no gabinete do prefeito, em Trindade.

A reunião teve as presenças dos vereadores Romário Policarpo, Lucas Kitão, Tatiana Lemos, Cristina Lopes, Zander Fábio, Anselmo Pereira, Denício Trindade, Rogério Cruz, Gustavo Cruvinel, Carlim Café, Paulo Magalhães, Cabo Sena Priscilla Tejota, Tiãozinho Porto e Emilson Pereira. Os vereadores afirmaram que o pedido de suspensão do aumento seja apresentado durante a reunião dos 11 membros da CDTC, marcado para esta quinta-feira (21).

Policarpo disse que o reajuste, para R$ 2,30, não se justifica em função da ausência de investimentos na melhoria do sistema. "Sem melhoria, sem aumento", afirmou o presidente da Câmara. A Casa é representada na CDTC pelo vereador Lucas Kitão (PSL), que vai apresentar o pedido de suspensão de aumento defendido pelo Legislativo.

"A Câmara de Goiânia vai atuar em todas as instâncias possíveis para evitar o aumento e, em paralelo, dialogar com as empresas concessionárias para que sejam encontradas as soluções capazes de melhorar a qualidade do serviço prestado à população", disse Policarpo. "Podemos, sim, até mesmo recorrer à Justiça contra o aumento", afirmou. "Vamos votar contrariamente ao aumento e o cumprimento das cláusulas de qualidade estabelecidas na concessão", disse Kitão.

O prefeito Jânio Darrot se mostrou sensível ao pleito dos vereadores de Goiânia e disse que é possível apresentar, durante a reunião da CDTC, o adiamento do aumento da tarifa. "Os 11 membros se reunirão amanhã (quinta-feira, 21), o adiamento pode ser apresentado, sim, mas essa será um decisão colegiada, porque o reajuste anual já foi solicitado pelas empresas concessionárias e está previsto no contrato", afirmou o presidente da CDTC.

A reunião da CDTC está marcada para as 17h desta quinta-feira, 21, no Paço Municipal, sede da Prefeitura de Goiânia. A Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos é formada por 11 membros – a Câmara de Goiânia tem um representante, o Governo de Goiás tem dois membros e a Prefeitura de Goiânia tem quatro membros, entre eles o prefeito Iris Rezende (MDB). Completam os 11 integrantes os prefeitos de Trindade e de Senador Canedo e um representante das demais Câmaras de Vereadores da Região Metropolitana de Goiânia.

registrado em: